Caminhando...
 
30
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

"Há quem diga que todas as noites são de sonhos.
Mas há também quem garanta que nem todas, só as de verão. No fundo, isto não tem muita importância.
O que interessa mesmo não é a noite em si, são os sonhos. Sonhos que o homem sonha sempre, em todos os lugares, em todas as épocas do ano, a dormir ou acordado."

 

William Shakespeare

 

A amiga Just Moments ofereceu este mimo o qual agradeço imenso!

Um grande beijinho

 

 

publicado por Caminhando... às 20:38
27
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

"Mais do que máquinas,

precisamos de humanidade.
Mais do que inteligência,

 precisamos de afeição e doçura.
Sem essas virtudes a vida será de violência

 e tudo estará perdido."

 

Charles Chaplin

publicado por Caminhando... às 21:49
tags:
24
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

Hoje, ao vir para casa, apanhei como habitualemnte o comboio. Ao sair da estação ferroviária, ouço gritos, e ao aperceber-me de onde estes vinham, vi uma Sra estendida no chão, com dois rapazes em cima. Achei estranhissimo e acelarei o passo. Instantes depois, ouço a Sra gritar “Socorro, ladrões” e vejo dois rapazes (novissimos) com um ar assustado a correrem na minha direcção. Ao aperceber-me que eram estes os ladrões, e a razão para o desespero da tal Sra, tenho como primeira e instintiva reacção, esticar os dois braços tentando pará-los, tendo em conta que, estes, passaram mesmo junto a mim, e a grande velocidade. O que me impediu de o fazer, foi o facto de estarem ambos armados com facas, estando um, numa optima posição para me atingir.

Quando olhei para trás, vi os rapazes a correrem de forma maluca, tendo sido o mais incrivel, o facto de que, mesmo sabendo, pois  já se tinham apecebido do que se estava a passar, as pessoas que estavam atrás de mim, tiveram como reacção, olhar para os rapazes e continuar a seguir o seu caminho.

Uma das situações que mais me chateou foi o facto de estarem dois homemzarrões (perdoem-me, mas tinham realmente um bruto fisico), imediatamente atrás de mim, e terem, com toda a calma, olhado para os rapazes e para a Sra., rido e seguido os seus caminhos.

 

Compreendo perfeitamente que uma pessoa sózinha não é capaz de dar conta de duas pessoas armadas, mas era assim tão complicado mostrarem um pouco de mais consideração pela pessoa lesada?

 

Entristece-me muitissimo ver a falta de entre ajuda, de solidariedade e, sobretudo de respeito entre as pessoas.

Será assim tão complicado fazer algo pelo próximo?

Será assim tão complicado perceber que não vivemos sozinhos e que só ajudando-nos uns aos outros é que poderemos viver da melhor forma?

Não temos de ser Madres Teresas, nem andar constantemente de mão estendida oferecendo ajuda, mas talvez  mostrando mais respeito pelo outro, houvesse um mundo mais calmo, e sem dúvida mais pacifico.

 

Falando de coisas mais animadoras, fui mimada pela amiga Um mel doce  e Mafalda com este prémio:

 

 

 

E novamente pela amiga Mafalda e pela amiga  TigerKaty com estes dois prémios:

 

 

Muito Obrigada

 

Vou então atribui-los aos seguintes blogs:

Um breve olhar

- Miguxa
- Estupefacta
- Azul do Céu
- Sonhando aos quarenta

Blogando-me

 

publicado por Caminhando... às 21:14
22
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

Numa música o que primeiro me cativa é a melodia, tendo também a letra uma imensa importância!

Desta feita apetece-me recordar. Apetece-me lembrar e “reviver” momentos que com grande carinho guardo.
A música “Moment of Glory” dos Scorpions faz com que seja possível fazer esta viagem no tempo. Para além da melodia, gosto imenso da letra!
Deixo-vos aqui a letra, estando a música já presente no perfil.

 

 

A moment of glory called evolution
Could I see the world with the eyes of a child
A new beginning, a moment of freedom
Like angels are singing a song full of joy

This side of heaven
Belongs to the children
I will be there, when the future arrives

A moment of glory called evolution
Could I fly away like a bird in the sky
No limitation, a new inspiration
A world that is free just as free as my mind

Communication
A new destination
The planet of vision is calling tonight

Another thousands of years seems so long
I am just a passenger
And the ride has just begun

Moment of glory

A moment of glory called evolution
Could I see the world with the eyes of a child
A new beginning, a moment of freedom
Like angles are singing a song full of joy

This side of heaven
Belongs to the children
I will be there, when the future arrives

Moment of glory
Moment of glory
Moment of glory
Moment of glory
publicado por Caminhando... às 14:31
19
Abr 09

(imagens retiradas da internet)

 

"Todos pensamos que vamos ser grandes, e sentimo-nos como que traídos quando as nossas expectativas não se cumprem. Mas de vez em quando as nossas expectativas são menores.
De vez em quando, o esperado simplesmente acaba, em comparação como o inesperado.
Temos de imaginar por que temos estas expectativas, porque o esperado é o que nos mantém firmes, imóveis.
O esperado é apenas o começo.
O inesperado é o que muda as nossas vidas."
 
Anatomia de Grey temporada 3, episódio 13
publicado por Caminhando... às 17:50
música: Heather Small - Proud
13
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

“Aquilo a que se chama felicidade no seu sentido mais restrito vem da satisfação — frequentemente instantânea — de necessidades reprimidas que atingiram uma grande intensidade, e que pela sua natureza só podem ser uma experiência transitória. Quando uma condição desejada pelo princípio do prazer é protelada, tem como resultado uma sensação de consolo moderado; somos constituídos de tal forma que conseguirmos ter prazer intenso em contrastes, e muito menos nos próprios estados intensos. As nossas possibilidades de felicidade são assim limitadas desde o princípio pela nossa formação. É muito mais fácil ser infeliz.
(…)
A satisfação desenfreada de todos os desejos impõe-se em primeiro plano como o mais atractivo princípio orientador da vida, mas implica preferir o gozo à prudência e penaliza-se depois de uma curta satisfação.
(…)
 A solidão voluntária, o isolamento dos outros, é a salvaguarda mais rápida contra a infelicidade que possa surgir das relações humanas. Sabemos o que isto significa: a felicidade encontrada neste caminho é a da paz. Podemos defender-nos contra o temido mundo externo, voltando-nos simplesmente para uma outra direcção, se a dificuldade tiver que ser resolvida sem ajuda. Há na realidade um outro caminho melhor: o de cooperar com o resto da comunidade humana e aceitar o ataque à natureza, forçando-a a obedecer à vontade humana. Trabalha-se então com todos para o bem de todos.”

 

Sigmund Freud
publicado por Caminhando... às 22:26
09
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

Passa uma borboleta por diante de mim
E pela primeira vez no Universo eu reparo
Que as borboletas não têm cor nem movimento,
Assim como as flores não têm perfume nem cor.
A cor é que tem cor nas asas da borboleta,
No movimento da borboleta o movimento é que se move,
O perfume é que tem perfume no perfume da flor.
A borboleta é apenas borboleta
E a flor é apenas flor.
Alberto Caeiro
 
Tudo é somente o que é , por si só ... mas os nossos olhos têm sempre a capacidade de lhe dar uma outra interpretação, um novo significado.
 
A amiga TigerKaty ofereceu-me este mimo:
 
 
Mto Obrigada
 
 

Aproveito este post para desejar uma Boa Páscoa, e como vou estar ausente por uns dias, aproveito para vos desejar também um óptimo fim de semana!!

 

Beijocas e até breve!

publicado por Caminhando... às 21:27
08
Abr 09

(imagem retirada da internet) 

 

Não há dia que passe em que não ouça música!
Desta feita, apeteceu-me ouvir músicas que já há imenso tempo não ouvia, como por exemplo o grupo The Corrs, uma banda irlandesa. Uma das suas mais conhecidas melodias tem o nome de “So Young”.
 
 
É fantástico quando somos jovens, e temos vontade, e até liberdade para fazer o que nos apetece. Não existem responsabilidades, e só se vê um único lado da vida. O lado risonho, alegre e totalmente ausente de problemas de maior.
É realmente óptimo passar por esta fase, mas considero melhor ainda ter-se a verdadeira noção da vida no seu todo, dando ainda mais valor a um sorriso, a uma valente gargalhada ou a momento feliz.
Muitas vezes existe um imenso desejo de, como vulgarmente se diz, “voltar a ser jovem” algo que compreendo perfeitamente pois, existe uma certa altura em que o cansaço provocado pela atribulada e desgastante vida é tal que existe o desejo de voltar a esta fase de pura inocência.
Apesar de ainda ser uma aprendiza nestas andanças, considero que tendo a noção do que nos rodeia, podemos ter a grata satisfação de descortinar o caminho que conduz ao amadurecimento. Mesmo que longo e sinuoso, este caminho é a chance de escrevermos a nossa própria história.
 
Talvez o ideal fosse conseguirmos manter um pouco destas duas tão distintas realidades…
publicado por Caminhando... às 13:29
04
Abr 09

(imagem retirada da internet)

 

Ao ler um livro, cujo nome já não me recordo, li esta passagem que me fez todo o sentido.

“É verdade que amarmo-nos a nós próprios não é sinónimo de acharmos que somos superiores a todas as outras pessoas. Isso sim é egoísta e feio.
Gostar de nós próprios significa, simplesmente, tratarmo-nos bem e com respeito. Rodearmo-nos de pessoas que nos tratem bem e que nos respeitem. Viver a nossa vida de acordo com os conselhos que daríamos a um filho ou ao nosso melhor amigo”
 
 
Desafio - Resposta:
 
Em reposta ao desafio anterior, a mentira estava na frase” Depois resolvi sair e fui dar uma volta ao CascaisShopping, aproveitando para ver montras e fazer algumas compritas!”
Por muito estranho que pareça, não tenho grande paciência para andar em centros comerciais. Compras, faço-as, mas somente por necessidade. Não consigo passar uma tarde inteira “fechada”, prefiro dar um passeiozinho ao ar livre.
publicado por Caminhando... às 17:41
Abril 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
20
21
23
25
26
28
29
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters