Caminhando...
 
30
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

Hoje de manhã, fui fazer umas compritas à mercearia aqui ao pé! Estou muito bem a escolher as coisinhas que faziam falta e, ouço uma voz de uma mãe a chamar pela filha. Chamou uma, duas vezes, começando já a ficar preocupada com a falta de resposta. Passado um bocadinho, aparece a pequenina, com a cara e as mãos cheias de chocolate! Vindo-se a descobrir depois que enquanto a mãe pagava as compras, ela não resistiu a um apetitoso bolo de chocolate que lá estava. A mãe ao ver a situação quis zangar-se com a filha, mas ao ver o ar tão satisfeito da menina (que tinha apenas 3 aninhos) a lamber os dedinhos todos, não conseguiu. Resumindo, foi uma risota pegada! O ar absolutamente inocente da criança foi genial!
São pequeninas coisas destas que me fazem derreter e ficar enternecida com estes tão pequeninos e inocentes seres!
publicado por Caminhando... às 14:30
27
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

"Ser feliz não é conseguir o que  se deseja, é desejar o que já se possui."
(Garth Brooks)
publicado por Caminhando... às 23:17
25
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

De vez em quando, gosto de “mergulhar” na Natureza e usufruir de toda a paz que esta me transmite.
Ontem, apeteceu-me, e andei de baloiço! Tendo como companhia uma ternurinha de 3 anos que lá estava também, andei durante um bom bocado.
Tanto que gosto de sentir o vento a embater-me no rosto e sentir-me livre, em paz. Ao faze-lo deu-me para reflectir. Fiz como que um balanço da minha ainda curta estadia aqui. Viajei e visitei lugares da memória, sorri ao lembrar momentos felizes e reflecti ao relembrar momentos menos felizes.
Ao fazer esta viagem cheguei à conclusão de que, tudo o que foi vivido me fez crescer e amadurecer pois,  na maioria das coisas que sucederam, consegui e tentei sempre tirar uma lição, reter alguma coisa, crescer um pouco mais.
No fundo, sinto-me feliz pelas vivências, momentos e etapas pelas quais passei. Feliz por ter aprendido a sorrir, a gargalhar, a abraçar e a beijar. Feliz por estar aqui.
Ainda tenho muito para descobrir, para vivenciar, mas, tão bom que é sentir que estes meus anos de vida fizeram/fazem sentido. Sentir que houve uma evolução, um crescimento.
Quero aproveitar este bem tão precioso que é a vida e fazer com esta faça sentido. Irei formar-me, e seguirei (se tudo correr bem) um caminho nesse mesmo sentido. Recuso-me a estar cá, só por estar. Tenho necessidade de ter um objectivo, uma finalidade!
 Farei por ser o melhor que posso ser, e para consegui-lo, basta fazer o melhor que posso e que sei!
 
A minha querida amiga Just moments enviou-me um abraço, o qual agradeço e retribuo! Um daqueles abraços bem apertadinhos para ti
 
 
 
Para todos vocês que me acompanham e tão boa companhia me fazem, envio este abraço cheio de ternura!
Obrigada por todos os sorrisos que me proporcionam!
16
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

Uma breve e fugaz passagem por este meu cantinho do qual confesso já sentir saudades.

 

Deixo aqui uma música que tenho ouvido bastante e que, essencialmente nesta altura de transição me faz imenso sentido. É importante sabermos quais os nossos reais alicerces…

 

 

 “A maior força
Está no Amor
É interior
O objectivo é dá-lo
Deverás mostrá-lo sem razão
Com o coração”

 
 
Beijinho grande!
publicado por Caminhando... às 13:59
10
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

“As estrelas não têm cor permanente. As estrelas terão a cor que a chama da alegria dos teus olhos pintar. Quando vires uma estrela cair do céu não te assustes.
Fui eu que deixei cair um beijo para ti, porque tu me cativaste!”

 

A autora  Mónica 

 

publicado por Caminhando... às 20:47
06
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

“O fim duma viagem é apenas o começo doutra. É preciso ver o que não foi visto, ver outra vez o que se viu já, ver na Primavera o que se vira no Verão, ver de dia o que se viu de noite, com sol onde primeiramente caía chuva, ver a seara verde, o fruto maduro, a pedra que mudou de lugar, a sombra que aqui não estava.”

 

José Saramago

 

As amigas Miguxa e TigerKaty mimaram-me, oferecendo-me este prémio:
 
 
Muitíssimo Obrigada!!
 
O desafio consiste em:
Colocar o selo no blog
Divulgar as regras
Confessar cinco coisas que gosto de fazer
Indicar 10 blogs a quem se envia o convite
Informar cada um dos blogs 
 
Enunciando cinco coisas que gosto de fazer:
- Estar com quem mais gosto
- Praticar desporto
- Ouvir música
- Ler
- Apreciar e estar em contacto com a Natureza
 
Muitos são os blogs que adoro visitar e, mesmo sabendo que alguns dos que vou enunciar já o receberam, mimo nunca é demais
 
- Um breve olhar
Azul do céu

- Mafalda

- Cuidando de mim

- Estupefacta

- Começar de novo

- MissAna

- Just moments - com um beijinho implicito (espero que o Até Já não se prolongue por muito tempo)

 

Retribuo o prémio à Miguxa  e Sheila! Já se tornou num hábito passar pelos vossos cantinhos

 

publicado por Caminhando... às 23:06
04
Jun 09

(imagem retirada da internet)

 

Tive conhecimento desta comovente história pela amiga Fernanda, tendo depois visto o The Oprah Show, onde é publicamente dada a conhecer.

É a história de um menino a quem foi diagnosticada Trissomia 18 antes de nascer, doença esta que, utilizando palavras da sua mãe proferidas no programa, é “uma doença incompatível com a vida”. Mesmo assim, este menino nasceu! Nasceu, e viveu 99 dias, tendo cada um destes dias sido aproveitado ao máximo pelos pais.

Mesmo tendo noção de que o filho não iria viver muito tempo, em vez de tristes, agradeceram e valorizaram cada dia da vida deste filho que, foi um autêntico milagre ter nascido e sobrevivido durante tanto tempo.

A mãe de Elliot diz que o que pensou foi que a tristeza viria depois, pois o mais importante naquela altura era aproveitar todos os momentos com o seu pequenino.

Todos os dias de vida deste menino foram filmados e fotografados para que, quando o menino cá não estivesse, poder continuar sempre presente. O vídeo que aqui coloco, mostra as cartas escritas pelo seu pai, agradecendo cada dia que podia passar com Elliot.

Quando Elliot faleceu, no dia do seu funeral, foram lançados 99 balões, cada um simbolizando todos os dias de vida deste bebé.

 

Esta história é uma autêntica lição de vida! Faz-nos realmente reflectir em relação à extrema importância do presente. O amanhã poderá não chegar e por isso, o hoje sim deve ser valorizado e aproveitado ao máximo.

 

 

publicado por Caminhando... às 20:57
Junho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
18
19
20
21
22
23
24
26
28
29
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters