Caminhando...
 
29
Mar 10

(imagem retirada da internet)
 

Farei uma pausa (não muito longa), deixando de estar por uns tempos presente neste mundo que tanto me diz e que com tanta ternura me acolheu!

Não queria fazê-lo sem antes deixar aqui um meigo abraço a cada um de vós e deixar sinceros votos para que tudo vos corra bem.

 

Até breve,

Joana

publicado por Caminhando... às 22:09
26
Mar 10

(imagem retirada da internet)

 

"O desgosto e a alegria dependem mais do que somos do que daquilo que nos acontece."

 

Multatuli

publicado por Caminhando... às 15:06
22
Mar 10

(imagem retirada da internet)

 

   

No passado sábado tive o gosto de participar na Iniciativa “Limpar Portugal”. Por cá, o dia começou bem cedo, às 8.30. Estando o tendo farrusco, pensei que pouca gente comparecesse mas felizmente enganei-me. À medida que os minutos foram passando mais gente se foi juntando no local de encontro proposto. Com cerca de 50 pessoas entre elas pais e filhos, avós e netos e um professor com um grupo de alunos, partimos para a limpeza.

Fomos a diversos locais e ao longo do caminho encontrando quantidades inimagináveis de lixo, havendo autênticas lixeiras a céu aberto.

Ao ver tanto lixo confesso que fiquei com lágrimas nos olhos por ver tanta falta de cuidado, respeito e civismo.

 

 

 

 

 

Mas o dia foi demasiado bonito para que me centre nestas feias imagens. Mesmo havendo uma altura em que chovia torrencialmente, ninguém arrendou pé, o que me encheu de orgulho e satisfação. A vontade de ajudar era de facto muito forte.

Foi um dia extenuante com fim às 19.30 mas um dia em que foi visível que a União pode realmente fazer a força e que existem muitos corações bonitos e generosos. Foi um gosto e um prazer enorme poder participar nesta iniciativa e dou os meus sinceros Parabéns a todos os que participaram e contribuíram para que pudéssemos tratar e melhorar este nosso tão bonito Mundo.

 

 

 

publicado por Caminhando... às 22:33
música: Chariots of fire - Vangelis
18
Mar 10

 

(imagem retirada da internet)

 

“Somos seres preocupados em agir, fazer, resolver, providenciar. Estamos sempre a tentar planear uma coisa, concluir outra, descobrir uma terceira. Não há nada de errado nisso – afinal de contas, é assim que construímos e modificamos o mundo*. Mas o acto da Adoração faz parte da experiencia da vida. Parar de vez em quando, sair de si mesmo, permanecer em silêncio diante do Universo. Ajoelhar-se com o corpo e a alma. Sem pedir, sem pensar, sem mesmo agradecer por nada. Apenas viver o amor calado que nos envolve.
Nesses momentos, algumas lágrimas inesperadas – que não são nem de alegria nem de tristeza – podem jorrar. Não se surpreenda. Isso é um dom. Essas lágrimas estão a lavar a sua alma.”
Paulo Coelho in “Maktub”
 
*Nesta busca, por vezes os limites são postos de lado e, o objectivo é sempre mais e mais e mais, chegando depois uma altura em que, se começa a sentir um grande deficit pois, grande é o cansaço e pouco é o conforto e alegria no coração.
Esta busca intensa, leva-nos tantas vezes a esquecer o mais importante que é, o Aproveitar e Usufruir de cada conquista. A questão da quantidade vs qualidade tantas vezes é posta em causa sendo que, ainda muitos acreditam que mais, significa melhor. Será?
A busca incessante por vezes cega-nos e faz com que nos esqueçamos de fazer algo que enche e de que forma o coração, que é a contemplação. Tão bom e necessário que é parar um pouco e ver o que está à nossa volta: O céu azul, o arco-íris, um familiar/amigo a sorrir, os raios de sol, o volver do mar, as árvores a dançar com o soprar do vento. Se quisermos, tanto que podemos Adorar.
Qual será o gozo de aqui estar e não viver? Existem responsabilidades, deveres e obrigações mas, nada nos impede de “viver o amor calado que nos envolve”. Nada nos impede de abrir os braços e envolver este mundo que nos recebeu!
Julgo que, a busca incessante poderia continuar mas, com o principal objectivo de experienciar, aproveitar, cheirar, abraçar, dar, envolver o máximo que conseguirmos e tivermos vontade. Importante é, acredito eu, estar aqui com o principal objectivo de darmos o melhor de nós e confortar e alegrar o nosso e os corações dos que nos rodeiam. Agindo assim, chegaremos ao fim e partiremos seguramente em paz, de coração cheio e com o sentimento de “Missão Cumprida”.
12
Mar 10

 

 

"Todos nós vivemos no nosso próprio mundo. Mas se olhares para o céu estrelado, verás que todos esses mundos diferentes se combinam, formando constelações, sistemas solares, galáxias"

 

Paulo Coelho

05
Mar 10

(imagem retirada da internet)

 

«Caminha placidamente entre o ruído e a pressa. Lembra-te de que a paz pode residir no silêncio.
Sem renunciares a ti mesmo, esforça-te por seres amigo de todos.
Diz a tua verdade quietamente, claramente.
Escuta os outros, ainda que sejam torpes e ignorantes; cada um deles tem também uma vida que contar.
Evita os ruidosos e os agressivos, porque eles denigrem o espírito.
Se te comparares com os outros, podes converter-te num homem vão e amargurado: sempre haverá perto de ti alguém melhor ou pior do que tu.
Alegra-te tanto com as tuas realizações como com os teus projectos.
Ama o teu trabalho, mesmo que ele seja humilde; pois é o tesouro da tua vida.
Sê prudente nos teus negócios, porque no mundo abundam pessoas sem escrúpulos. Mas que esta convicção não te impeça de reconhecer a virtude; há muitas pessoas que lutam por ideais formosos e, em toda a parte, a vida está cheia de heroísmo.
Sê tu mesmo. Sobretudo, não pretendas dissimular as tuas inclinações.
Não sejas cínico no amor, porque quando aparecem a aridez e o desencanto no rosto, isso converte-se em algo tão perene como a erva.
Aceita com serenidade o cortejo dos anos, e renúncia sem reservas aos dons da juventude.
Fortalece o teu espírito, para que não te destruam desgraças inesperadas. Mas não inventes falsos infortúnios. Muitas vezes o medo é resultado da fadiga e da solidão.
Sem esqueceres uma justa disciplina, sê benigno para ti mesmo.
Não és mais do que uma criatura no universo, mas não és menos que as árvores ou as estrelas: tens direito a estar aqui.
Vive em paz com Deus, seja como for que O imagines; entre os teus trabalhos e aspirações, mantém-te em paz com a tua alma, apesar da ruidosa confusão da vida.
Apesar das suas falsidades, das suas lutas penosas e dos sonhos arruinados, a Terra continua a ser bela.
Sê cuidadoso.
Luta por seres feliz.»


Max Ehrmann

publicado por Caminhando... às 17:05
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
17
19
20
21
23
24
25
27
28
30
31
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters