Caminhando...
 
26
Jan 10

(imagem retirada da internet)

 

"No fim tu hás-de ver que as coisas mais leves são as únicas que o vento não conseguiu levar:
- um estribilho antigo;
- um carinho no momento preciso;
- o folhear de um livro de poemas;
- o cheiro que tinha um dia, o próprio vento..."

 

 Mário Quintana

publicado por Caminhando... às 21:38
Mário Quintana...sempre!
Bj
Nucha
Nucha a 3 de Fevereiro de 2010 às 14:00
Belíssimo! Adoro Mário Quintana!
Bjns
cuidandodemim a 2 de Fevereiro de 2010 às 15:13
Olá Fernanda!

Muito obrigada pela tua presença e votos!
Que tenhas um optimo fim de semana com tudo de bom!

Beijinhos
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:20
Doce Joana,

A leve beleza de um rosto de amor...
A suavidade intensa de umas mãos amigas...

Nada..., nem sequer o tempo, as consegue apagar da nossa mente...

Beijinhos ternos
Margarida
MIGUXA a 28 de Janeiro de 2010 às 23:40
Querida Margarida!

: )
Um brilho no olhar de quem gostamos
Uma expressão de cumplicidade e amizade...

Tantas são as coisas leves que podemos desfrutar. Basta estar atento pois tal como dizes, nem o vento as consegue levar.

Um beijo carinhoso e votos de um feliz fim de semana
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:19
:)

... as memórias estão sempre connosco e são vividas em cada coisas que nos desperte a memória :)

beijocas
pingodemel a 28 de Janeiro de 2010 às 10:44
Olá Joana!

: ) e são estas pequenas coisas que facilmente se colam e ficam na memoria!

Beijinhos e um bom fim de semana
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:16
"A estrada fica mais bonita quando podemos olhá-la sem o peso de malas nas mãos." Assim é a vida: Há que vivê-la com leveza. Às vezes não é fácil. Falo da leveza do ser: Só ele nos poderá levar à leveza do viver, à simplicidade, à felicidade. Lindo este texto do Mário Quintana. Palavras para recordar sempre que nos pesa o viver. Obrigada Joana por nos lembrares "que as coisas mais leves são as únicas que o vento não conseguiu levar."
descobrirafelicidade a 27 de Janeiro de 2010 às 22:02
: )

Tão bonita essa frase!
Há de facto que tentar sempre que a vida seja o mais suave possivel. Nem sempre se consegue como dizes mas, é aproveitando as pequenas e mais leves coisas que evitamos que ela ganhe peso.

Para ti um abraço bem aconhegante e mimento!
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:14
Concordo que até podem ser as coisas mais simples que nao conseguimos esquecer e que guardamos com mais significado...Mas também são as coisas mais dolorosas, que nos magoam mais que o vento não consegue levar...Nessas alturas já não são coisas simples, mas coisas gigantescas...
UmPedacinhoDeMiM a 27 de Janeiro de 2010 às 17:34
Olá!
Compreendo o que dizes e existem de facto coisas que por muito forte que seja o vento, elas nunca iram desaparecer.
Neste texto, refiro-me às coisas que temos de estar atentos e receptivos para as ver. Pois se assim não for, teremos o coração somente preenchido com essas coisas pesadas.
São estas coisas leves que,nos conseguem confortar e minimizar a dor provocada pelas coisas pesadas que a vida nos traz.

Um beijinho
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:11
Gosto muito deste pequenina mensagem de Mário Quintana.São mesmo as coisas mais leves, os pequeninos gestos que ficam retidos na nossa memória para sempre. Penso que qualquer um de nós lembra até hoje pequenas atenções que recebeu de alguém, pequenos carinhos recebidos dos pais, uma palavra que um amigo disse num momento de aflição e que, apesar de ser uma simples palavra, ficou para sempre guardada; o vento nunca conseguirá levar! Um beijinho, Joana e parabéns pela escolha
Emília
comunicadoras a 27 de Janeiro de 2010 às 17:31
Olá Emilia : )

É isso mesmo! Grande parte das nossas memórias é feita destas pequenas coisas tão leves mas que, mesmo passados anos, elas sempre permaneceram.

Obrigada querida amiga e um beijinho muito grande também à Herminia
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:07
Adoro as coisas simples da vida. bj
TiBéu ( Isa) a 27 de Janeiro de 2010 às 01:03
Olá Tibéu!

: ) E ainda bem que estás atenta a elas pois, são estas que nos põem um verdadeiro sorriso no rosto e no coração!
E se conseguires ser sempre assim, vais ver o quanto é maravilhoso, sentimo-nos sempre bem. beijinho
: )
Tenho a sorte de conseguir reparar e estar atenta a elas e, tal como dizes, é de facto maravilhoso. É uma sensação de alegria, conjugada com um sentimento de paz.

Beijinho
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:32
E são precisamente estas coisas simples que sabem melhor, que nos sabem à vida!
Beijinhos
MissAna a 26 de Janeiro de 2010 às 23:31
Olá Ana!

É isso. São estas coisas que nos sabem à Vida. Não o diria melhor ; )

Beijinhos e um bom fim de semana
Caminhando... a 29 de Janeiro de 2010 às 22:02
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters