Caminhando...
 
13
Jun 11

 

 

“E se o mundo for apenas uma grande desilusão? A não ser que peguemos nas coisas que não gostamos deste mundo, e as viremos ao contrário. Podemos começar a fazê-lo... já HOJE!

- Este sou eu e aqui estão três pessoas, e eu vou ajudá-las, e elas ajudam três pessoas, e estas ajudam mais três. Tem de ser algo grandioso, algo que elas não consigam fazer por si próprias.”

(Tradução de parte do trailer)

 

 

  

(imagens retiradas da internet)

 

 

“Faça todo o bem que puder,

com todos os recursos que puder,

por todos os meios que puder,

em todos os lugares que puder,

em todos os tempos que puder,

a todas as pessoas que puder,

sempre e quando puder.”

John Wesley

 

Adorei este filme na altura em que o vi! Mas não creio que alguma vez o tenha seguido...
Clara a 18 de Julho de 2011 às 19:30
Laura,

É realmente muito bom este filme.
Vais sempre a tempo de o seguir, e podes fazê-lo de inúmeras e simples maneiras. O primeiro passo é estar atento aos outros, depois disso, as maneiras surgem em catadupa.

Beijinhos
Amiga Joana, vi este filme e é fantastico...
Beijinho grande
Rosinda
Rosinda a 20 de Junho de 2011 às 14:50
Olá amiga Rosinda!

Eu vi-o por partes e tenho imensa curiosidade para o ver todo seguido. A grande parte que vi, fez-me achar que a mensagem é muito valiosa.

Beijinho grande
Olá Joaninha. Venho deixar-lhe um enorme beijinho. Espero que esteja bem. Bfsemana
Fátima Soares a 17 de Junho de 2011 às 21:40
Obrigada Fátima, retribuo o beijinho e deixo votos de feliz semana.
Tudo de bom.
Á pouco tempo encontrei também este trailer. Infelizmente não tive oportunidade de ver o filme, mas a mensagem tocou-me bem fundo. Seria muito bom que conseguisse-mos po-lo em prática. E por outro lado só depende de nós mesmo, não é?
Tenho de tentar ver o filme completo mesmo...

Beijinho amiguita :)
FilipeP a 17 de Junho de 2011 às 08:31
Olá amigo Filipe!

Pois, eu vi este filmes por partes e ainda não tive oportunidade para o ver todo seguido, mas quero tratar disso. Parece-me ser muito valioso mesmo aquilo que transmite.
É isso, só depende mesmo de nós.

Beijinhos para ti
Olá Joaninha.
Já vi este filme e de facto ele dá-nos motivação para fazermos ainda mais coisas pelos outros além daquelas que já fazemos, porque nos mostra que o bem é uma corrente e no fim ele acaba por voltar a nós, de uma maneira surpreendente e maravilhosa!
Bjns
cuidandodemim a 15 de Junho de 2011 às 13:06
Olá!

Vi este filme por partes e tenho grande curiosidade de o ver todo seguidinho. E fazer algo pelo outro é tão simples não é? Que sentido tem vivermos centrados somente em nós?

Beijinhos para ti
Seria maravilhoso que o mundo fosse assim...entre ajuda.
Infelizmente, nem todos pensam assim.
Quanto a mim, e apesar de não ser perfeita o meu lema é ajudar os outros.
Embora por vezes isso nos traga desilusão...
Beijinhos
geriatriaaminhavida a 14 de Junho de 2011 às 19:50
Olá!

Pois, estar atento ao outro acredito que é um modo de vida. Muitas vezes pequenas coisas fazem a diferença, desde que estejamos atentos ao outro, e depois, de forma espontânea vemos as coisas que podemos fazer.

Beijinhos e votos de boa semana!
Doce Joana,

É extraordinário este filme...
Ainda que os resultados possam não corresponder ao esforço, deveríamos tentar sempre e acreditar que o bem que fazemos não cai em saco roto...

Beijinhos com carinho
Margarida
MIGUXA a 13 de Junho de 2011 às 22:44
Olá amiga Margarida!

Tal como disse agora à Fátima, só vi este filme por partes e tenho forte curiosidade de o ver todo. Tenho de tratar disso!

É isso, tentar sempre. E as coisas que se podem fazer são tão simples, muitas vezes são espontâneas e fazem diferença para o outro. Por vezes sinto que muitas pessoas, quando pensam em fazer algo pelo outro, pensam logo que coisas pequenas não farão nada. Antes pelo contrário. Se estivermos atentos ao outro, no dia a dia vão existindo situações muito pequenas que podemos fazer.

Beijinho terno para ti
Foi um filme que me tocou, porque eu vejo assim a vida. Amar e dar aos outros, primeiro, muito antes de me preocupar comigo, mas também teve um fim terrível... Por vezes as pessoas não alcançam tudo isto e confundem-no com tanta coisa muito longe do que se quer. Mas seria tão lindo que cada um de nós se "despisse" de olhar e "avaliar" e "reavaliar" os outros e os amassemos com a nós mesmos, os considerássemos irmãos e os tivéssemos dentro do peito sempre, dando compreensão, amor, alegria perdão isso já era uma grande coisa. O resto viria por acréscimo. Bja Joaninha, são lindas as mensagens que passa. Tudo de bom para si e os seus amiga, boa semana!
Fátima Soares a 13 de Junho de 2011 às 14:38
Olá Fátima!
Confesso que ainda não vi este filme, vi-o em partes e fiquei logo a gostar dele. Tenho de tratar de o ver todo.

Ver o outro como um ser "igual" seria realmente um bom começo, tendo em conta que cada vez há uma maior distancia entre seres.

Um beijinho e obrigada pelas palavras.Boa semana.
Junho 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
21
22
23
24
25
26
28
30
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters