Caminhando...
 
05
Out 12

 

“Os silêncios são das maiores forças do crescimento psíquico. Representam tempos de pacificação, de resolução de conflitos, de reencontro, mas também são espaços de abertura, portas abertas à comunicação e ao preenchimento do que existe à nossa volta. Surpreendem. Marcam. Fazem adormecer, tanto quanto fazem sonhar.”

Pedro Strecht

publicado por Caminhando... às 23:04
Just Moments a 31 de Maio de 2013 às 23:34
Olá, Just,

Que bom surpresa esta! Está tudo bem? Desejo sinceramente que sim!!

Beijinho grande e venham mais sorrisos
Ah, os silêncios... podem realmente ser reparadores se nã se revestirem de medos, de condicionalismos, de preesões indefinidas...
... mas só o veradeiro silêncio, nem sempre fácil, nem sempre conseguido, pode ser efectivamente reparador. Preciso de silêncio, sim... e saber intercalá-lo nos espaços do tempoe da vida...
Obrigada Joana
Quero, preciso estar de volta.
Tenho encontrado pessoas fantásticas nestes blogues que visito e que meaqucem e impulcionam... e quem sabe, também, me desinibem para esta partilha fantástica da vida.
Beijinho com saudades,
sempre,
Isabel
Isabel Maia Jácome a 21 de Novembro de 2012 às 15:55
Olá Isabel,

O verdadeiro silêncio não é de todo fácil de "ouvir", é algo que leva tempo, até direi dedicação, para que consigamos de facto desfrutá-lo e aproveitá-lo. Erguemos tantas barreiras defensivas, que o "ruído" destas condiciona a que se consiga desfrutar, realmente, do silêncio.

Obrigada eu pela presença.
Até breve!
Caminhando... a 25 de Novembro de 2012 às 11:21
Olá Joana :)
Ainda á pouco li algures que o silêncio é a principal ferramenta pela qual nós nos aproximamos mais do nosso interior e logo de nós mesmos. Por isso na meditação se está em silêncio por ex. É esse silencio que nos permite ouvirmo-nos e compreendermo-nos e ao mesmo tempo ouvir os outros e compreende-los também.

Deve ser por isso que tantas pessoas passam o tempo a falar. Só para evitarem esse encontro com elas mesmas. Acho que ás vezes ouvirmo-nos pode não ser tão entusiasmante como pensamos.

Beijinho e felicidades :)
FilipeP a 19 de Novembro de 2012 às 23:21
Olá Filipe,

É mesmo. O silêncio ajuda a compreender tudo o que nos rodeia, possibilita que olhemos para dentro de nós e nos compreendamos.
Estar em silêncio pode ser complicado para algumas pessoas precisamente pelo que referes. Estar em silêncio faz com que as vozes das dores de episódios que não estão resolvidos se façam ouvir, o que torna as dores reais e, pelo grande medo e pela falta de capacidade, vontade, coragem para as tentar enfrentar e resolver, preferem camuflá-las. São maneiras de tentar seguir em frente, umas de forma ativa outras em forma de fuga ao que magoa.

Beijinhos para ti
Caminhando... a 25 de Novembro de 2012 às 11:12
Minha doce Joana,

Sei amiguinha que estou em falta para contigo, como para com tantos outros mas, é um facto, por vezes precisamos de nos ausentar, silenciar nossa voz, até porque ainda que queiramos nada sai...
Peço que me perdoes mas fica certa que nunca te esqueci porque te tenho guardada no meu coração.

Tudo de bom e até já
Voltarei
Beijinhos com muito carinho
Margarida
MIGUXA a 18 de Novembro de 2012 às 02:50
Margarida,

Bom ter-te por cá. Não precisas de pedir desculpa. As pausas são necessárias para reequilibrar e erguer novamente. O importante é que estejas/fiques bem.

Beijinhos com ternura!
Caminhando... a 25 de Novembro de 2012 às 10:57
Desculpa Joana, mas esisto é só para testar se é melhor eu colocar assim ou Começar de Novo
Emília Pinto e Hermínia Lopes a 13 de Novembro de 2012 às 23:23
Olá Joaninha. Hoje, dia Mundial da GENTILEZA, não podia deixar de vir cá deixar-te um beijinho muito especial e agradecer-te a gentileza que sempre me dedicaste desde que comecei neste mundo dos blogs. Foste das minhas primeiras seguidoras e nunca me deixaste até hoje. És a delicadeza em pessoa, coisa muito pouco comum nas pessoas da tua idade; tive a honra de te conhecer pessoalmente e a estima que tinha por ti aumentou consideravelmente. Encontrei a Joana que conhecia só pelas palavras e foi como se estivesse a visitar uma amiga com quem tivesse convivido durante muitos anos. Podes crer que estou a ser sincera. Obrigada, Joaninha pela grande amizade que tens para comigo e não te esqueças de que podes sempre contar comigo. Beijinhos e até breve!
Emília
emília Pinto e Hermínia Lopes a 13 de Novembro de 2012 às 23:20
Querida Emília,

Muito obrigada pela tamanha gentileza e carinho!
Confesso que, como tenho andado arredada deste mundo nem me lembrei que ontem se celebrou este dia.
Muito obrigada pelas palavras aqui deixadas e toda a ternura que retribuo em dobro! Guardo com carinho o dia em que nos encontrámos, e estou grata por tido a oportunidade de estar com pessoas tão bonitas.

Mais uma vez agradeço por todo o carinho que me dedica. Aqui estarei para manter esta ligação já de quatro anos. Um imenso sorriso e ainda maior beijinho.
Caminhando... a 14 de Novembro de 2012 às 23:06
Porque gosto de ler com toda a atenção o que escreve neste seu encantador cantinho e porque O SILÊNCIO 'me diz muito':
"Existem momentos
na vida da gente,
em que as palavras
perdem o sentido
ou parecem inúteis,
e, por mais que a gente
pense numa forma de empregá-las,
elas parecem não servir.
Então a gente não diz,
Apenas sente."
Receba um abraço gigante, Ana

Ana Santos a 1 de Novembro de 2012 às 17:33
Olá, Ana!

Muito obrigada pela presença e constante simpatia. Bonitas as palavras que aqui partilhou. O silêncio é um belo companheiro, sem dúvida.

Um abraço terno para si
Caminhando... a 8 de Novembro de 2012 às 23:46
Precisamos de silêncio para arrumar as nossas emoções, para resolver os conflitos internos que sempre nos assolam. A sociedade de hoje está muito barulhenta...muito confusa e o ruído é sempre muito, mesmo quando cai o negro da noite que nos convida ao silêncio...ao recolhimento. Há que desacelerar o passo e caminhar mais devagar para que possamos alhear-nos de tanta confusão e criarmos o nosso próprio silêncio. Um beijinho, amiga e fica bem. Espero que tenhas uma optima semana
Emília
comecardenovopt.blogspot.com a 7 de Outubro de 2012 às 15:23
Olá, Emília,

Momentos de silêncio fazem imensa falta para que nos consigamos equilibrar, sem dúvida. Os silêncios aproximam-nos de nós próprios, serenam, amadurecem-nos...

Beijinho Emília e votos de um óptimo fim de semana!
Caminhando... a 14 de Outubro de 2012 às 00:06
E é tão bom quando, mesmo no meio de uma multidão conseguimos esse silêncio.
Às vezes faz milagres.
Beijinho, Joana
momentosdisparatados a 6 de Outubro de 2012 às 16:56
Olá,

Sabe mesmo bem conseguirmos desfrutar da nossa companhia! E tão necessário que é para que nos consigamos equilibrar.

Um beijinho e bom fim de semana!
Caminhando... a 13 de Outubro de 2012 às 23:58
Outubro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters