Caminhando...
 
06
Out 09

(imagem retirada da internet)

 

 Hoje, mais um dia de treino.

A vontade era muita, tendo em conta que o fim-de-semana é sinónimo de descanso dos músculos.

Chegado o Outono, com ele vieram os abundantes aguaceiros.

Muito bem acompanhada lá fui e, estando há cerca de 5 minutos a correr, S. Pedro abençoou-nos com uma Sra. Chuvada.

Sempre gostei de apanhar chuva e, hoje foi sem dúvida uma óptima sensação.

Adoro sentir a água a embater-me na cara e sentir uma intensa liberdade. Molhámo-nos a valer mas, soube muitíssimo bem.

 

Tão bom que é ter vontade de fazer algo, e faze-lo. Sem que os “mas” nos impeçam de fazer algo que gostamos.

 Acredito que basta estar atento para que se consigam sentir grandes sensações. Hoje, senti bastante, pois, lembrei-me do meu tempo de criança em que, quando começava a chover, todos os meninos se iam abrigar e eu ficava sempre deliciada a vê-la cair, e levantava a cabeça para a apanhar em cheio no rosto.

Lembrei-me de saltitar de poça em poça, com um imenso sorriso. Lembro-me de me sentir feliz.

 

Ao longo da minha existência, já tracei alguns objectivos e um deles é: Se tens vontade de fazer algo, existe possibilidade de o fazer e, ao faze-lo não estás a prejudicar ninguém, então fá-lo.

Aprendi que, deixar para “depois” nem sempre é a atitude mais inteligente a tomar pois, entre o desejo de agora, e a sua concretização ao ser deixada para depois, muitos momentos, sorrisos, beijos, abraços e emoções se irão perder por isso. Agora tenho vontade e existe possibilidade, então vou faze-lo. E tão bom que é o conforto depois que se sente.

 

Hoje, mais um dia de treino. Havia vontade. Estava a chover a potes. Resultado: Cheguei a pingar, com o treino feito e  um sorriso de orelha a orelha!

18
Mai 09

(imagem retirada da internet)

 

Desde que sou uma amostra de gente que adoro praticar desporto, seja ele qual for mas, preferencialmente desportos que envolvam bolas (futebol, voleibol e por aí adiante). E que gozo tenho quando jogo. Sinto-me no fundo felicíssima quando tenho a possibilidade de jogar um pouco.

Sempre estive mais ligada ao futebol, desporto que adoro!
 

Nestes últimos tempos, para conseguir alcançar o meu grande objectivo, comecei a preparar-me fisicamente de forma mais rigorosa, e para isso, comecei a correr de forma a ganhar resistência física.

Sinceramente nunca pensei que fosse tão difícil, pois requer um imenso espírito de sacrifício, devido à luta constante contra a dor, uma grande força de vontade e paciência.

Não sendo anteriormente das minhas actividades predilectas, aprendi a gostar de correr. Ao faze-lo, sinto-me livre, solta. Tenho possibilidade de estar em constante contacto com a Natureza e no fundo, tenho a possibilidade de atingir os limites.

Correr não tem idade, tal como demonstra este inspirador vídeo:

 

 

Ao correr consigo-me abstrair do ambiente que me envolve, e ficar em paz, tranquila.

Ps. No treino de hoje consegui correr 36 minutos, algo nunca antes conseguido

publicado por Caminhando... às 22:54
sinto-me: dorida mas satisfeitissima!
tags: ,
Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters