Caminhando...
 
05
Out 12

 

“Os silêncios são das maiores forças do crescimento psíquico. Representam tempos de pacificação, de resolução de conflitos, de reencontro, mas também são espaços de abertura, portas abertas à comunicação e ao preenchimento do que existe à nossa volta. Surpreendem. Marcam. Fazem adormecer, tanto quanto fazem sonhar.”

Pedro Strecht

publicado por Caminhando... às 23:04
09
Set 12


Descobrir, conhecer, saber, aprender, são bonitas e entusiasmantes fases, mas tudo começa pela primeira: a de não-saber. Gosto desta etapa inicial de ignorância e enfrentá-la é um estádio de enorme prazer.

Alegra-me ver o quanto ainda não sei, pela possibilidade de permanente descoberta, aprendizagem e busca pela compreensão do que nos envolve.

30
Mai 12

 (imagem retirada da internet)

 

Os diferentes estádios da vida que convencionalmente se consideravam infância, adolescência, juventude, idade adulta, meia-idade e idade da reforma, são hoje ideias feitas que perderam significado para esta nova geração: os sem idade. Vivem mantendo o leque de opções aberto, sem pressões para agir segundo os parâmetros estabelecidos. É uma espécie de saber envelhecer, sem ficar velho.

O mais recente exemplo veio de Hillary Clinton de 64 anos. A secretária de Estado norte-americana, foi fotografada a dançar salsa, sem maquilhagem, e a beber cerveja pelo gargalo da garrafa. As imagens tornaram-se virais pela descontração da protagonista, e correm repetidamente na internet.

"Estou na minha melhor fase", comentou a governante. "Uso o que me apetece, sem me preocupar com o aspeto. É coisa que deixou de ter a importância que tinha para mim." Para os especialistas, o desabafo condiz na perfeição com a pose assumida desta nova geração de seniores. "Ser ativo não é ser jovem, isso mantém o preconceito. Faz um envelhecimento ativo quem consegue fixar-se nos ganhos que tem ao longo da vida", observa Joaquina Madeira, insistindo que é preciso tornar este processo numa forma de otimizar a saúde, de estipular um objetivo, uma meta, uma razão para existir. "É ter um projeto de vida", resume, para depois falar no complemento deste Ano Europeu, que é também da Solidariedade entre Gerações. "Não haja dúvidas: não há envelhecimento ativo sem coesão social. As gerações não podem continuar a competir." Há dias, a tendência ganhou outro certificado de validade: estudos recentes avançam que envelhecer sem arrependimentos dá mais saúde. Segundo a investigação, publicada na prestigiada revista Science, o sentimento de perda e as lamentações por oportunidades desperdiçadas não são de todo benéficas, em idades mais avançadas.

 

Oiça-se Luna Andermatt, 86 anos, fundadora da Companhia Nacional de Bailado, que se juntou àquele grupo no final do ano passado. Pelas suas palavras, percebemos que o corpo nem sempre obedece à mente, mas o prazer de pisar o palco, esse, não tem dores, nem rugas, nem idade. "Não podemos dar muita confiança ao corpo", explica. "Não se pode ceder ao físico." Nem a vértebra que lhe saiu do sítio, num exercício de ioga, há meia dúzia de anos, a fez parar. "Por dentro não sinto a idade que tenho."

Ler artigo completo aqui

30
Abr 11

 

 (imagem retirada da internet)

 

“É acreditando nas rosas que as fazemos desabrochar.”

Anatole France

 

 

27
Dez 10

(imagem retirada da internet)

  

Que neste e em todos os dias de todos os anos, nos lembremos sempre que temos imenso poder nas mãos, basta ter vontade, e que uma pessoa pode realmente fazer a diferença. Com pouco podemos fazer muito, e não podemos ajudar toda a gente em todo o lugar, mas podemos ajudar alguém nalgum lugar.

Que não pensemos só no que a vida nos pode dar, mas no que nós podemos dar à vida, sempre tendo presente que tempo é Vida.

  

 

Muito Obrigada pelo carinho, boas palavras, amizade e atenção com que me brindam sempre.

Que tenham maravilhosos dias é o que com carinho e amizade vos desejo. O melhor para todos.

31
Jul 10

(imagem retirada da internet)
 

Durante muito tempo estiveste dentro de mim. Foste-te entranhando e fazendo com que tudo ficasse com menos cor a cada dia que passava.

Vieste e impuseste-te.

Chegou uma altura em que a tua presença me sufocava, não me deixando alcançar o objectivo da minha existência: Ser e Viver.

Consegui a pouco e pouco descolar-te de mim. Depois, durante um tempo não te quis perto, tive medo que te entranhasses de novo e que clareasses a cor que me rodeava. Pé ante pé, fui-me aproximando de ti e deixei que ficássemos lado a lado.

Bom poder agora ter a hipótese de escolher ou não a tua companhia. Fazes-me falta, mas só em alguns momentos dos meus dias.

 

Hoje, senti a tua falta e procurei-te. Dei-te a mão e lá fomos. Estivemos junto ao mar, junto do arvoredo e junto da paz.

És tu a solidão.

Em apenas momentos da minha vida a tua presença enriquece-me; em todos eles, enfraquece-me. Por isso, fica aí ao lado companheira e sempre que me fizeres falta, chamo-te e faremos com certeza boa companhia uma à outra.

 

17
Jul 10

(imagem retirada da internet)

 

Por conseguir finalmente Senti-lo em mim. Por ter essencialmente conseguido alcançar a liberdade e a paz que tanto desejava!

 

 

“I can see clearly now the rain is gone
I can see all obstacles in my way
Gone are the dark clouds that had me down
It's gonna be a bright bright bright bright sun shiny day

Oh yes I can make it now the pain is gone
All of the bad feelings have disappeared
Here is that rainbow I've been praying for
It's gonna be a bright bright bright bright sun shiny day”

 

13
Jan 10

(imagem retirada da internet)

 

"A Paz não é um estado permanente. Ela existe em momentos breves e ausenta-se antes que nos apercebamos que ela lá estava. Podemos experienciá-la a qualquer altura, num estranho acto de bondade, numa tarefa que requeira total concentração ou simplesmente no conforto de uma velha rotina. Todos os dias, todos nós experienciamos estes momentos de Paz. O truque, é saber quando eles sucedem para que possamos agarrá-los, usufrui-los e finalmente deixá-los ir."

 

In Grey's Anatomy, Season 6, episode 7 

publicado por Caminhando... às 22:56
música: Now we are free - Lisa Gerrard
18
Dez 09

(imagem retirada da internet)

 

“Ser feliz é ter futuro e é dar futuro. Todos pensamos ser felizes e acordamos todos os dias com esse desejo. Mas ser feliz não é uma sorte, nem é ausência de problemas. É viver com sentido, com coragem, construindo o futuro e dando futuro. Isso depende de mim.

Era uma vez um homem que corria e corria pela vida... A vida era curta e necessitava de correr muito para gozar muito e ser feliz. E quanto mais corria, mais necessitava de correr! Descobria sempre mais lugares para visitar! Necessitava encontrar tudo e gozar de tudo. Até que um dia, cansado de tanto correr, parou. Então, a felicidade pôde alcançá-lo.”

 

Vasco Pinto de  Magalhães

 

O amigo  FilipeP presenteou-me com este prémio:

 

 

Como nunca é demais agradecer: Muito Obrigada Filipe pelo carinho e constante simpatia!

E como o bom de ter é poder partilhar, os blogs a que atribuo este prémio são:

- Just moments

- Um breve olhar

- Pingo de mel

-Teresa

- Marta M

- Doce Refugio

- Azul do céu

- Começar de novo

-Cuidando de mim

- Miguxa

- MissAna

-Infinito e mais além

- Cris

Marta

-Coisas de gato

-Noite sem fim

Nucha

20
Nov 09

 

(imagem retirada da internet)

 

Tão bom que é sentir que os dias que passam não são indiferentes, pois deixam sempre algo. Algo passivel de ser agarrado, desfrutado, valorizado e partilhado.

 

No fundo, tão bom que é sentir que se vive, em vez de apenas existir…

Junho 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
Online
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Visitas
Free Website Counters