Caminhando...
 
08
Jul 09

(imagem retirada da internet)

 

Por vezes questiono-me relativamente à justiça/injustiça desta vida.

Por muito que tente não consigo perceber as leis deste universo. Tento perceber o porquê de, pessoas que tanto bem sempre fizeram e com famílias recém feitas, irem de forma tão injusta para longe daqui.

Revolta-me o facto de serem levadas pessoas que tanta falta cá fazem. É demasiada a dor com a sua ausência e não há apoio nem mimo suficiente que consiga minimizá-la…

Acredito que, de episódios trágicos se consiga sempre tirar lições mas, neste caso, não há lição que consiga colmatar esta repentina “viagem”.

Tanto que ainda havia para aprender e aproveitar com a sua estadia cá…

É realmente algo que não me faz sentido absolutamente nenhum e, entristece-me ver o enorme sofrimento que esta “injustiça” causa…

Talvez mexa mais ainda comigo devido ao facto de me sentir impotente, pois nada se pode fazer… Deixa-me triste ver sofrimento à minha volta e nada poder fazer. A palavra impossível não cabe muito bem em mim…

Tão bom se houvesse oportunidade de subir estas escadas de vez em quando…

 

(imagem retirada da internet)

publicado por Caminhando... às 21:48
Oi Amiga
Li com atenção o teu post, todos nós ao longo da vida vamos tendo perdas, há algumas, que nunca mais se ultrapassam , morrem connosco.
É dor... é sofrimento ,é revolta....
Encontrei uma vez uma lápide, que não tinha nome ,nem datas , tinha somente uma cruz e dizia:
"NOME PARA QUÊ?
UMA CRUZ BASTA PARA MOSTAR O QUE È A VIDA"

Parei, e meditei....
Até breve
Herminia
comecardenovopt.blogspot.com a 9 de Julho de 2009 às 22:54
Olá amiga Herminia!
Tão bonito...

Deixou-me a pensar..

Beijinhos para ti e obrigada pela partilha

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
17
19
20
21
22
24
27
29
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog