Caminhando...
 
28
Jul 09

Morte e Vida Margarida..

(imagem retirada do site Olhares)

 

(Tradução da letra da música da playlist. )

 

Fazendo tudo aquilo que acredito,

Seguindo as regras que me foram ensinadas

Melhor compreenderei o que me rodeia,

E protegida estarei pelas paredes do amor.

 

Tudo o que vês sou eu,

E tudo o que realmente acredito.

Por isso eu nasci para tentar,

Eu aprendi a amar,

A ser compreensiva,

E a acreditar na vida.

 

Mas têm que ser feitas escolhas,

Ser certo ou errado.

Algumas vezes terão que se sacrificar as coisas de que se gosta.

 

Não vale a pena falar no que eventualmente poderiamos ter sido,

E lamentar as coisas já passadas.

A vida está cheia de enganos, destinos e verdades.

Há que remover as nuvens e olhar para a grande paisagem!

 

 

A vida é tal e qual como a imagem... existem momentos cinzentos, momentos em que tudo perde a sua vitalidade, força mas, já que aqui estamos, há que viver. Viver de forma a aproveitar a vida em todo o seu esplendor e no fundo, agradecer por termos a oportunidade de aqui estar. Se tentarmos, e fizermos por ser felizes, lindas flores irão revelar toda a sua beleza e o nevoeiro rapidamente desaparecerá!

Para ver a luz, há que fazer por isso...  há que tentar!

publicado por Caminhando... às 20:19
música: Delta Goodrem - Born to try
Não podemos deixar que a flor que somos murche, temos sempre que renovar a sua vitalidade para sermos felizes e deixar-mos o nosso rastilho de felicidade!
Adorei o texto!
Beijinho
MissAna a 29 de Julho de 2009 às 11:58
Olá amiga Ana!
Exacto :)
Há que nunca deixar de a regar, de modo a que esta se mantenha sempre de boa saude e com essencialmente, vitalidade!

Fico muito contente por teres gostado :)

Beijinhos
Julho 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
17
19
20
21
22
24
27
29
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog