Caminhando...
 
07
Ago 09

(imagem retirada da internet)

 

Nestes últimos dias, passei por uma situação que me fez, mais uma vez, reflectir relativamente à dificuldade de muitos em exteriorizar emoções e palavras.

Muitas são as palavras que, para muitos de nós, custam proferir.

Uma das que mais custa a proferir e consequentemente muito poucas vezes se ouve é o pedido de desculpas.

Para muitos, pedir desculpa é como que uma humilhação, fazendo com que até se sinta perda de dignidade…

Será assim tão complicado assumir um erro?

Será tão difícil enfrentar de frente sabendo que, fazendo-o, se evitaria o fim de algo importante, como uma amizade por exemplo?

Não é fácil pedir desculpa tendo em conta que, ao estar frente a frente com a pessoa lesada por nós, a culpa e até eventualmente a vergonha é tal, que as palavras custam a sair mas, será motivo para não tentar fazer um esforço para corrigir o que se fez…

Muitas vezes, é sentido que se deve um pedido de desculpas mas, existe uma imensa dificuldade em exteriorizar o arrependimento.

Seja o que for, deixar feridas abertas é do pior que há, tanto para o autor do erro, como para a pessoa lesada.

Por vezes, o erro até é irrisório mas, não há humildade suficiente para o assumir, fazendo assim com que, uma amizade ou uma boa relação acabe…

Ficará uma consciência tranquila sabendo que nada fez para corrigir um erro?

 

Uma pessoa ao pedir desculpa não se está a humilhar nem a perder dignidade, muito pelo contrário, está a mostrar humildade e sobretudo a assumir o que fez, tentando corrigi-lo.

publicado por Caminhando... às 18:28
música: The show must go on - Queen

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Agosto 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
11
12
13
14
15
17
19
21
23
24
25
27
28
29
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog