Caminhando...
 
07
Dez 08

 

(Imagem retirada do site: Olhares)

Nos dias que correm, o pensamento predominante é egoísta e materialista.

Onde se valoriza a quantidade e extravagância, em detrimento da qualidade e simplicidade.

Vivemos por isso numa sociedade em que o saber ocupa lugar.

Tempos em que o que importa é o presente, e em alguns casos, o futuro, sendo o passado esquecido, desvalorizado e portador de nenhuma utilidade.

Uma sociedade que dá importância aos jovens, visto que estes estão no auge da sua existência e representam o início e a essência da vida, e quem não se encaixa nestes padrões, é banido.

Sendo por isso importante o que está a começar e não o que está perto do fim.

O idoso, é alguém que está mais perto do fim do que do começo, representando por isso o passado. Segundo a nossa sociedade, idoso representa alguém que já foi, alguém que já não tem importância, utilidade, alguém que é visto de soslaio, vivendo assim, uma opressão social, sendo visto como se não pertencesse ao mundo presente.

O idoso é aquele ser humano que já viveu muito, tendo por isso um passado e uma história. Ser humano este, que é digno de respeito e admiração.

Respeitar o idoso é valorizar a experiência de vida, o conhecimento, a sabedoria acumulada de quem viveu e aprendeu, de quem sofreu, de quem tem um passado e uma história, de quem colaborou para a construção deste mundo e de quem deu a vida a quem hoje é jovem.

Respeitar o idoso é preservar a memória, aceitar o futuro e reconhecer o passado.

publicado por Caminhando... às 21:45
sinto-me:
Olá!
Exactamente! No texto que escrevi centralizei-me no idoso, pois é caso mais flagrante de desrespeito e desvalorizaçao que temos na nossa sociedade! Mas quem diz idosos, diz obviamente toda a gente* Todo o ser é digno de respeito, todo!!

Beijinhos e obrigada pelo comentário =)
Caminhando... a 9 de Dezembro de 2008 às 15:31
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
16
19
20
21
22
24
25
26
28
29
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog