Caminhando...
 
06
Jan 10

(imagem retirada da internet)

 

Para além da vinda de um Novo Ano, nesta altura celebro mais um Ano de vida.

 

Nestes anos, muitas mudanças sofri, maturidade adquiri e prioridades foram definidas.

Aprendi que é sentindo, que a vida tem sentido. Aprendi que, por muito que nos esforcemos para que não suceda, por vezes é necessário que se bata no fundo para que se tenha a noção do que se tem, e do que se está a perder, pois nada pior do que ter um assunto mal resolvido. Ao conseguir sarar a ferida, para além de ficarmos a saber que afinal temos força interior, é óptimo conseguir depois ver e apreciar as lindas, coloridas e refrescantes cores que o mundo tem e testemunhar que querendo podemos sair do fundo mais maduros e enriquecidos interiormente.

 

Essencialmente estou grata por me sentir Aqui, e por finalmente conseguir sentir em pleno e aproveitar a presença dos Meus!

 

Ao longo destes anos, cheguei à conclusão de que, para se alcançar a liberdade existe sempre o medo, mas talvez seja mesmo para ser assim... Pois, se assim não fosse, que valor lhe daríamos?

 

publicado por Caminhando... às 11:00
Olá! este seu espaço é muito interessante! vim cá dar sem querer, mas bendita a hora!

O seu artigo está muito interessante, aliás, muitos aqui neste seu espaço são interessantes!

Neste post despertou-me a atenção para o "bater no fundo"... não sei se é bom bater no fundo, às vezes não há saída, às vezes, bater no fundo representa mesmo o fim. Mais vale salvarmo-nos ou salvarem-nos antes de lá chegarmos, por vezes, a força interior não basta, entretanto, já a perdemos pelo caminho.

Parabéns pelo blogue!
Clara a 11 de Janeiro de 2010 às 16:28
Olá!
Muito Obrigada pela visita e tão simpáticas palavras!

Tal como diz, nem sempre é bom bater no fundo mas, tal como aqui escrevi, é por vezes necessário para que consigamos resolver e enfrentar o que nos incomoda e "renascer".
Ter um assunto mal resolvido é como ter uma corda na garganta daí que, a melhor maneira de conseguirmos resolver o assunto é deixar que ele no afecte de todo, para que possamos pegar nele, olha-lo de frente e conseguir po-lo de lado, conseguindo assim viver sem entrave nenhum.

Um beijinho e Muito Obrígada novamente :)
Caminhando... a 12 de Janeiro de 2010 às 21:47

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
mais sobre mim
pesquisar neste blog