Caminhando...
 
31
Jan 10

(imagem retirada da internet)

 

“A morte é a curva da estrada,

Morrer é só não ser visto.

Se escuto, eu te oiço a passada

Existir como eu existo.

  

A terra é feita de céu.

A mentira não tem ninho.

Nunca ninguém se perdeu.

Tudo é verdade e caminho.”

 

Fernando Pessoa 

publicado por Caminhando... às 16:25
Olá Marta amiga!

Bonita a tua interpretação deste poema.
Há fases em que temos realmente de saber sobreviver pois, por muito que se queira, não se consegue Viver a toda a hora. Daí virem os tempos de angustia.

Um abraço caloroso e terno
Caminhando... a 3 de Fevereiro de 2010 às 20:24
Janeiro 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
mais sobre mim
pesquisar neste blog