Caminhando...
 
17
Jun 10

 

 (imagem retirada da internet)

 

"Hoje levantei-me cedo e pensei no que tenho
para fazer antes que o relógio marque meia-noite.
Eu tenho responsabilidades para cumprir hoje.
Eu sou importante.
É minha função escolher que tipo de dia ter hoje.

Hoje posso reclamar porque está a chover
ou posso agradecer às águas
por lavarem energias pesadas.

Hoje posso ficar triste por não ter muito dinheiro
ou posso sentir-me encorajado para administrar
as minhas finanças sabiamente,
mantendo-me longe de desperdícios.

Hoje posso-me queixar dos meus pais
por não me terem dado tudo o que queria
quando estava a crescer, ou posso estar
grato por terem permitido que eu nascesse.

Hoje posso lamentar decepções com amigos
ou posso observar oportunidades
de ter novas amizades.

Hoje posso reclamar por ter que trabalhar
ou posso vibrar de alegria por ter um trabalho
que me põe activo.

Hoje posso choramingar por ter que ir à escola
ou abrir a minha mente com entusiasmo
para novos conhecimentos.

Hoje posso olhar para o dia de ontem
e lamentar as coisas que não saíram como
eu planeei ou posso alegrar-me
por ter o dia de hoje para recomeçar.

O dia de hoje está à minha frente à espera
para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar-lhe forma.

Depende de mim como será o dia de hoje
diante de tudo que encontrarei.

A escolha está nas minhas mãos:
Hoje eu posso enxergar a minha vida vazia
ou posso alegremente receber
o Milagre de Um Novo Dia!"

 

Silvia Schmidt

Ola Joana em cada situação exposta haverá quem se identifique com os dois.
Eis o que penso: - As pessoas mal-amadas que nem sequer sorriem ao espelho pela manhã, são negativistas só vêm o lado mau da "coisa", pq tudo é mau... coitadinha de mim... enfim pessoas inúteis!!!!
As pessoas que se sentem amadas e queridas, então para essas, está tudo bem e agradecem todos os dias por terem o privilegio de viver mais um dia e aprender com as derrapagens da vida, mas crescem!!! E tornam-se melhores seres humanos. Esta vida é uma aprendizagem constante.
Gostei.
bjokitas
Gusty
Gusty a 19 de Junho de 2010 às 13:38
Olá Gusty, boa noite!

Concordo plenamente quando dizes que haverá pessoas que se identificam com os dois, alias, acredito que todos passamos por ambas as fases, pois só assim conseguimos depois escolher o caminho que mais sentido nos faz.

As pessoas que não sorriem e andam permanentemente com uma nuvem em cima, acredito que algumas não sabem como procurar a cor. Outras estão demasiado presas a algo que não as deixa avançar, enfim, acredito que cada situação é uma situação.
As que sorriem, essas aproveitam todos os dias para absorver e aproveitar o Dia, pois têm a noção de que nada é garantido e todos os dias algo de novo está por descobrir.

Um beijinho e excelente semana!
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
18
19
20
21
22
24
25
26
28
29
30
mais sobre mim
pesquisar neste blog