Caminhando...
 
17
Jun 10

 

 (imagem retirada da internet)

 

"Hoje levantei-me cedo e pensei no que tenho
para fazer antes que o relógio marque meia-noite.
Eu tenho responsabilidades para cumprir hoje.
Eu sou importante.
É minha função escolher que tipo de dia ter hoje.

Hoje posso reclamar porque está a chover
ou posso agradecer às águas
por lavarem energias pesadas.

Hoje posso ficar triste por não ter muito dinheiro
ou posso sentir-me encorajado para administrar
as minhas finanças sabiamente,
mantendo-me longe de desperdícios.

Hoje posso-me queixar dos meus pais
por não me terem dado tudo o que queria
quando estava a crescer, ou posso estar
grato por terem permitido que eu nascesse.

Hoje posso lamentar decepções com amigos
ou posso observar oportunidades
de ter novas amizades.

Hoje posso reclamar por ter que trabalhar
ou posso vibrar de alegria por ter um trabalho
que me põe activo.

Hoje posso choramingar por ter que ir à escola
ou abrir a minha mente com entusiasmo
para novos conhecimentos.

Hoje posso olhar para o dia de ontem
e lamentar as coisas que não saíram como
eu planeei ou posso alegrar-me
por ter o dia de hoje para recomeçar.

O dia de hoje está à minha frente à espera
para ser o que eu quiser.
E aqui estou eu, o escultor que pode dar-lhe forma.

Depende de mim como será o dia de hoje
diante de tudo que encontrarei.

A escolha está nas minhas mãos:
Hoje eu posso enxergar a minha vida vazia
ou posso alegremente receber
o Milagre de Um Novo Dia!"

 

Silvia Schmidt

Olá amiguita :)

Há sempre duas maneiras de olhar para um situação, ou para a vida num perspectiva mais alargada. Isso é uma escolha que fazemos sempre que processamos tudo o que nos acontece e que se passa á nossa volta. É-nos dado a escolher o caminho da felicidade, em que olhamos as coisas pelo lado positivo, mesmo que aparentemente sejam negativas ou o caminho da infelicidade, em que recalcamos constantemente as coisas negativas que nos acontecem. Eu tento sempre escolher o primeiro, mas nem sempre o consigo. Ás vezes os estimulos externos ganham. Mas não fico triste por isso. O importante é ter consciência da realidade.

Beijinho Joana e uma boa semana para ti :)
FilipeP a 20 de Junho de 2010 às 22:29
Olá amigo Filpe : )

É isso. Há sempre essas duas visões, e cabe-nos escolher a que nos faz mais sentido de modo a que consigamos ter momentos de felicidade.
Por vezes como dizes, o caminho do positivismo nem sempre tem muita força, devido às inumeras coisas que sucedem ao longo do tempo mas, a força pode aparecer e podemos retomar de novo o caminho da cor, dos sorrisos e de gratidão pela Vida.
Não te mandei os mimos finais, não pode ser!!

Um grande beijinho para ti e que tenhas uma excelente e Feliz semana.

Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
14
15
16
18
19
20
21
22
24
25
26
28
29
30
mais sobre mim
pesquisar neste blog