Caminhando...
 
09
Jan 12

 

 

“Sou um só, mas ainda sou um. Não posso fazer tudo, mas posso fazer alguma coisa. E, por não poder fazer tudo, não me recusarei a fazer o pouco que posso.”

 

Autor desconhecido

A vida espera sempre algo de nós e, apesar de sermos um só, se fizermos a nossa parte seremos o mundo inteiro. Cada um tem o seu talento e é nosso dever utilizá-lo, mesmo que nos pareça insignificante. Se cada um der o seu melhor em cada acção que realiza com certeza que conseguiremos fazer a mudança tão necessária aos tempos de hoje. É preciso muito trabalho, mas é também preciso que manifestemos os nossos afectos sem medo, pois as pessoas estão muito carentes de sorriso, de abraços, de amizade e de amor; muitas vezes estes são mais necessários do que o pão para a boca. Parabéns pelo post, Joana e tenho a certeza que os afectos que dás te são devolvidos.. Um grande beijinho carregadinho de muita amizade
Emília
comunicadoraspt@hotmail.com a 10 de Janeiro de 2012 às 15:16

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Janeiro 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
25
26
27
28
29
30
31
mais sobre mim
pesquisar neste blog